MULHERES NO ESPAÇO POLÍTICO SINDICAL: Um Estudo de Caso no Sindicato dos Trabalhadores das Instituições Federais de Ensino – SINDIFES

Autores

Palavras-chave:

Relação de poder e de gênero, Teto de vidro, Sindicalismo no Brasil, Mulheres e sindicatos, Movimentos reivindicatórios

Resumo

Historicamente observa-se no sindicalismo brasileiro uma desigualdade de gênero, com as mulheres percebendo poucas oportunidades para alcançarem os cargos mais altos na direção das entidades sindicais. Este estudo apresenta a análise das relações de poder e de gênero presentes no acesso ao cargo de coordenador geral no Sindicato dos Trabalhadores das Instituições Federais de Ensino (SINDIFES), entidade com sede em Belo Horizonte e que representa trabalhadores de instituições federais de ensino superior. Esta pesquisa teve por objetivo verificar como ocorreu o rompimento do teto de vidro (glass ceiling), barreira invisível que dificulta a ascensão das mulheres a posições de liderança, bem como suas formas de manifestação neste processo. Para tanto, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com oito mulheres dentre as nove que ocuparam o cargo de coordenadora geral, desde a criação do Sindicato, em 1992. Percebeu-se, na questão estudada, que a divisão sexual do trabalho e a luta pelos direitos segrega as mulheres das posições de decisão e de disputa política. Neste contexto, necessário se faz considerar o cotidiano destas mulheres que conciliam o lado político, profissional e o pessoal, quando lhe são imputadas as responsabilidades pelo equilíbrio da família e do lar.

WOMEN IN THE POLITICAL UNIONIZED SPACE: A Case Study of the Workers Union of Educational Federal Institutions

ABSTRACT

Historically, gender inequality, with women having few opportunities to reach senior positions in trade unions’ broad of directors, can be largely observed in Brazilian unionism. This study puts forward an analysis of the power and gender relations present in the way to access the office of general coordinator at the Sindicato dos Trabalhadores das Instituições Federais de Ensino [Union of Workers of the Education Federal Institutions] (Sindifes). Sindifes is a trade union based at the city of Belo Horizonte which represents workers of federal institutions of higher education. The main objective of this research is to investigate the breaking of the glass ceiling, an invisible barrier that hinders the rise of women to leadership positions, and its manifestations in the process of women rising to such positions. With this in mind, semi structured interviews were conducted with eight of the nine women who occupied the position of Sindifes’ general coordinator, since its creation in 1992.It was noticed that sexual division of labor and women’s struggle for rights segregates them from the decision-making positions and from political disputes. In conclusion, it is necessary to consider the daily lives of these women who adjust their political, professional and personal aspects of their lives, when they are also responsible for balancing family and home.

Biografia do Autor

Anália das Graças Gandini Pontelo, Faculdade Novos Horizontes

Mestranda em Administração pela Faculdade Novos Horizontes, Brasil

Marlene Catarina de Oliveira Lopes Melo, Faculdade Novos Horizontes

Doutora em Ciências das Organizações pela Université Paris IX, França. Professora da Faculdade Novos Horizontes, Brasil.

Downloads

Publicado

2016-08-29

Como Citar

Pontelo, A. das G. G., & Melo, M. C. de O. L. (2016). MULHERES NO ESPAÇO POLÍTICO SINDICAL: Um Estudo de Caso no Sindicato dos Trabalhadores das Instituições Federais de Ensino – SINDIFES. Perspectivas Contemporâneas, 11(2), 41–58. Recuperado de https://revista.grupointegrado.br/revista/index.php/perspectivascontemporaneas/article/view/1986

Edição

Seção

Artigos Completos