A INFLUÊNCIA DO EXERCÍCIO FÍSICO E DOS SISTEMAS ANTIOXIDANTES NA FORMAÇÃO DE RADICAIS LIVRES NO ORGANISMO HUMANO

Marina Telesi, Fabiana Andrade Machado

Resumo


RESUMO

O objetivo dessa revisão de literatura foi reunir informações relevantes sobre, exercício físico e a uma alimentação rica em alimentos antioxidantes, como contribuintes para o fortalecimento do sistema antioxidante enzimático trazendo assim, uma maior proteção ao organismo humano contra os efeitos deletérios causados por radicais livres, tais como: envelhecimento precoce, câncer, entre outros tipos de doenças. Aqui foi discutido qual o melhor tipo de exercício físico para ser realizado e sua freqüência, para que o organismo não entre com facilidade num estado de estresse oxidativo e também quais são os melhores alimentos a serem ingeridos e suas calorias para amenizar ou até mesmo evitar os danos causados por radicais livres. Acredita-se que uma prática regular de exercício físico numa intensidade moderada (de 70 – 80% da freqüência cardíaca máxima) e predominantemente com características aeróbias, aliada a uma dieta rica em alimentos antioxidantes e com restrições em alimentos hipercalóricos, são responsáveis por contribuir no fortalecimento do sistema antioxidante, causando assim, uma maior resistência do organismo aos efeitos deletérios causados por radicais livres e podendo até influenciar no potencial de intervalo de vida médio do ser humano.

ABSTRACTThe objective of this review was gathering relevant information about, physical exercise and a rich diet in antioxidants foods, as taxpayers in a strengthening of antioxidant enzyme system, bringing greater protection for the human body against the deleterious effects caused by free radicals, such as : aging, cancer, among other types of diseases. Here were discussed is the best kind of physical exercise to be practice and their frequency to the body does not enter easily in a state of oxidative stress and also what are the best foods to be eaten and calories to alleviate or even avoid damage caused by free radicals. It is believed that a regular practice of physical exercise at a moderate intensity (from 70 to 80% of maximum heart rate) and predominantly with aerobics features, combined with a rich antioxidants diets and with restrictions on high calories foods, are responsible for contributing in strengthening the antioxidant system, thereby causing a greater resistance to the deleterious effects caused in the body by free radicals and may thus influence by the potential range of life of the average human being.


Palavras-chave


estresse oxidativo; alimentos antioxidantes; exercício físico.

Texto completo:

PDF


   

 

 

 

Licença Creative Commons
SaBios-Revista de Saúde e Biologia está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.